• Background Image

    5 cuidados essenciais para vender crochê

    February 6, 2017

February 6, 2017

5 cuidados essenciais para vender crochê

IMG_5814 copy

Quando vamos comprar um novo produto, seja na loja ou no mercado, sempre olhamos muito bem os produtos antes de ir para o caixa, não é mesmo? (ou pelo menos deveríamos!) Observamos se ele está limpo, não foi usado, não esta estragado… Ou seja: tem as características de um produto novo conforme descrito em sua embalagem ou o que esperamos. Até mesmo quando compramos tomate: nos deparamos em uma gôndola cheia de tomates, e olhamos um por um em busca de batidas, pedacinhos podres, bichinhos… que vão fazer com que os que apresentem esses defeitinhos não sejam levados para casa.

Às vezes, se o valor do produto é baixo, até aceitamos que ele venha com alguns defeitinhos. Já ouvi muito a frase: “também, pelo preço que paguei não esperava grande coisa”. As famosas comprinhas da china! O produto chega, a gente usa uma vez e ele desmonta (nem sempre, mas em alguns casos). Ou até mesmo o tomate, ou uma cebola: “ah, tem esse amassadinho, eu corto fora e como o resto!”

Já pensou seu cliente compra um artesanato, paga um valor justo e ele vem com um tomate do fundo da gôndola bem no final do dia? Ele nunca mais vai comprar com você e ainda pode falar mal nas redes sociais (isso é muito chato, nunca façam isso sem antes conversar com a loja/fornecedor e entender o que aconteceu. Você pode acabar com a vida profissional de alguém às vezes por causa de uma exceção)

Meu objetivo com esse post é dar algumas dicas para você cuidar na hora da produção do seu produto, para entregar algo condizente com o valor final do seu produto, deixar seu cliente ainda mais feliz  e  ainda fazer uma boa propaganda de você.

1 – Capricho nos acabamentos

O acabamento é tudo (ou quase tudo, tem os outros itens).  Você compraria um bichinho com olhos, braços, pernas ou orelhas desalinhados? Ou com costuras soltas que parece que o amigurumi vai desmontar? Se custasse, assim, uns R$ 20,00, pelo preço, acho que até tudo bem. Mas um amigurumão de R$ 250,00? Então façam com calma! Com cuidado e com capricho.

2 – Armazenamento e material

Use material de qualidade sempre em bom estado! Cuidado também no armazenamento desse material, para que não crie mofo (no caso de lugares úmidos e fios -> Curitiba!). Evite tirar os plásticos dos novelos, assim eles não pegam pó e não sujam com o manuseio. Se você tem bichinhos prontos, guarde em plásticos para não pegar pó e em lugares sem cheiro e seco!

3 – Cuide com odores

Percebemos o mundo com 5 sentidos: tato, visão, olfato, paladar e audição. Já falamos dos acabamentos, que seria relacionado á visão, ao material de qualidade que seria tato e visão, e agora falaremos do olfato.

Se você guardar seu material em um armário que já teve um histórico de mofo, ou deixar ele guardado por muito tempo, cuidado para que não fique com cheiro de mofo. Pois tecidos pegam esses odores com muita facilidade. Cuidem também com cheiro de comida, fritura. Pode parecer loucura, mas às vezes vamos almoçar e ficamos com o cheiro de comida do restaurante. Então evite tecer na cozinha conversando com alguém fritando batata, peixe…

Cheiro de cigarro, de cachorro, gato, de roupa úmida… e vamos parar por aqui! Mas enfim, cuidem muito com isso. Logo que o cliente receber a encomenda, na hora que a caixa for aberta o odor já vai sair antes mesmo do bichinho ser visto.

E cheiros bons também são um problema. Perfume é uma coisa muito pessoal. Eu já considerei mas sempre descartei a ideia de passar cheirinho nos crochê, pois o cheirinho que eu gosto pode não ser do gosto do cliente. E pode dar alergia no bebê, caso essa seja a finalidade do produto. Então evite. Seja neutro, cheiro de nada que não tem erro.

4 – Pêlos

Super fofo fazer crochê com nosso pets pertinho, né? Mas não é fofo mandar pêlos de pet para seu cliente junto com seu produto =) Então não deixem eles deitarem nos produtos, evitem deixar os produtos onde seu pet deita e principalmente: não deixem eles brincarem com os produtos! (ah, não sei né!) O seu cliente pode ter alergia… já pensou? Melhor não dar chance pro azar.

5 – Higiene Pessoal

Sei lá, achei válido escrever. Mantenha as mão limpas enquanto trabalha, principalmente quando está trabalhando com cores claras e o maldito branco (que suja só de olhar). Cuidem também quando passarem creminho de mão, às vezes eles são rosados e podem tingir a linha ou deixar o cheirinho do creme no bichinho.

Se você quer um negócio de sucesso, você tem que pensar nele já como um grande negócio, e todo negócio tem um padrão de qualidade. Qual é o seu?

Com essas 5 dicas você vai entrar aquele “tomate” mais perfeito de todos para seu cliente, que com certeza vai se encantar!

9 Comments
  • Ariane P Adão Rocha, February 16, 2017 Reply

    Muito bom!!! Principalmente a parte dos cheirinhos. Sempre achei que seria interessante deixar o produto cheiroso, mas pensei exatamente como você.

    • Dani Dalledone, February 16, 2017 Reply

      Obrigada Ari! Pode dar alergia no cliente, melhor que ele passe caso queira!
      Beijos

  • hevlincris, August 22, 2017 Reply

    Parabéns pelo post! Acho que você tocou em um ponto muito importante: cuidado com os pets!
    Eu, por exemplo, sou muito alérgica a gatos. Vejo várias vezes fotos das pessoas fazendo crochê com os seus gatos/cachorros se enroscando na linha. É fofinho? É. Mas, imagina só se eu compro um cachecol de alguém e vem com pelo de gato? Fecha a minha garganta na mesma hora! Lugar de Pets não é brincando com as nossas linhas !

  • Lucimara Duarte, August 22, 2017 Reply

    Amei as dicas.. tambem tinha pensado no perfume, mas nunca testei..agora vou deixar essa ideia de lado ☺.

  • Jessica Lima, August 22, 2017 Reply

    Muito boas as dicas, Dani! Sempre penso no acabamento do amigurumi e sobre como esses detalhes agregam valor às peças. Tenho uma dúvida quanto à lavagem do bichinho pronto: é recomendado lavar com sabão neutro para tirar aquele cheiro da linha ou é um trabalho desnecessário?

    Obrigada!

  • Gisele Correa, August 22, 2017 Reply

    Obrigada Dani pelas informações! Realmente pelo cuidado e capricho no amigurumi, o cliente com certeza ficará satisfeito e indicará nosso produto!
    O amor que dedicamos na produção também está nos detalhes!! 😘🙏🏻

  • Maria Aparecida, September 29, 2017 Reply

    muito boas as suas dicas, são bem válidas, às vezes cometemos alguns erros sem perceber, obrigada.

  • Lauriana Brito, September 29, 2017 Reply

    Legal as dicas! Eu ainda não faço para vender,pois meus acabamentos ainda não são bons.

  • Érica S. Fingoli, August 15, 2018 Reply

    Dicas muito boas! É importante exercitar a auto crítica sobre nossas peças: eu compraria? No que posso melhorar? Sempre haverá onde melhorar! E mesmo quem é super experiente deve estar disposta a aprender e reaprender muitas vezes.


Leave A Comment

Leave a Reply