• Background Image

May 24, 2017

Receitas de Amigurumis – onde habitam, como vivem, do que se alimentam

Olá pessoas!!!

A humanidade está com o péssimo hábito de falar sobre assuntos sem entender, sem analisar ou pesquisar sobre as coisas. E isso muitas vezes acaba em briga apenas por falta desse conhecimento.

Então o assunto é polêmico, mas eu vou postar mesmo assim a fim de informar quem estiver afim de aprender mais um pouquinho. E se você achar o conteúdo desse post útil, compartilha nas suas redes sociais! Vamos mudar o mundo devagarinho e um por um. Porque assim quem sabe a gente consiga melhorar nosso país zoadinho em outros assuntos também (ex: política!).

Bom, quem faz amigurumis sabe que a gente segue receitas. E elas são criadas a partir de um bonequinho, muitas vezes desenhado ou imaginado por alguém. Existem receitas que são disponibilizadas gratuitamente e outras que precisamos comprar. Ao comprar uma receita, você recebe um arquivo em PDF com ela bem explicadinha. Read More

May 21, 2017

Projeto polvo me tornou uma polvinha!

Curitiba/PR 19 de Abril de 2017 – Amanda Martins Winert, Dani Dalledone, Ana Cristina Farah Oliveira – Reportagem sobre polvos de crochê, que estão sendo usado para a recuperação de bebês prematuros. Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS

No mês de maio maio aconteceram tantas coisas e passou tão rápido que eu fiquei no “piloto automático” e tive que priorizar todas as atividades. E o blog ficou de lado =( mas registramos boa parte de tudo que aconteceu em Foto e vídeo! Read More

April 23, 2017

Polvinhos para prematuros – The Ultimate Pro Manual

Curitiba/PR 19 de Abril de 2017 – Dani Dalledone – Reportagem sobre polvos de crochê, que estão sendo usado para a recuperação de bebês prematuros. Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS

No último sábado dia 22.04 passou uma reportagem linda sobre o projeto que estamos fazendo baseado no Projeto Octo, conforme já comentei em posts anteriores. Caso você não tenha visto, clica aqui. Mas antes já pode separar um lencinho, tá? Read More

April 17, 2017

Receita pesinho para New Born

Vou ganhar uma priminha logo em breve, e seus pais me pediram alguns acessórios para o seu ensaio new born. Luvinhas de boxe e pesinhos! ADOREI o desafio! Encontrei uma receitinha de luvas aqui, como já achei muito fofa, não vi sentido em criar a minha.

Mas os pesinhos eu criei e vou compartilhar com vocês! E não se esqueçam de compartilhar o resultado final comigo postando com a hashtag #olhadani

Read More

April 12, 2017

Informações tecnicas e variações

Oi pessoal!

O vídeo do polvinho completou 1 mês! E nesse tempo eu, que conforme falei, não entendia muita coisa sobre os prematuros, hospitais e tudo mais aqui no Brasil, aprendi muitas coisas e vim dividir isso com vocês!

Em relação ao material, está descrito na receita do projeto Octo que o fio precisa ser 100% algodão. A palavra “mercerizada” não consta no descritivo da receita. Para quem não sabe, o processo de mercerização é um banho de soda cáustica que a linha recebe para ficar com aparência mais brilhante e sedosa, absorver a cor e ter mais resistência. Claro que esse processe é feito de maneira segura, e que o produto final não vai derreter a nossa pele. Mas acredito que são dois tratamentos químicos a mais que o fio recebe, que no Barroco não tem. Entrei em contato com a Círculo para um posicionamento, mas me responderam que não tocariam mais nesse assunto pois estava gerando muita polêmica.

Read More

March 28, 2017

Gratidão! Mas não porque está na “moda”

Quando a gratidão virou moda nas redes sociais eu não entendi muito bem qual era a pira. Talvez porque eu não estava bem na pira da gratidão. Quando o Facebook lançou o botão das florzinhas, não cliquei nenhuma vez, porque estava achando aquele papo muito chatinho, tudo era gratidão. O dia que eu vi uma moça agradecer uma sopa Vono com “Gratidão”, pensei: “Mas não é possível, é uma sopa de saquinho!!!!”. Mas analisando agora, vai que uma Vono era tudo o que ela mais queria na vida, né?

Eu não tenho medo e muito menos vergonha de mudar de opinião. E logo depois daquele dia da sopinha, ainda bem, eu mudei mais uma vez.

Já queria escrever esse post há um tempo, mas sempre fica para depois, porque não é “prioridade” (mas deveria ser). Para falar coisas ruins, criticar, desmerecer, parece que as pessoas “da internet” tem todo o tempo do mundo, né? Porque o que vem de textão chato. Agora pra agradecer, elogiar, apoiar, vemos bem menos. Parece que existe uma necessidade enorme de mostrar que é contra, que tá errado e tudo mais. Mas para falar bem, pode ficar pra depois. Read More